Imagem de: Intel aposenta chips que concorreriam com Raspberry Pi no mundo da IoT

Intel aposenta chips que concorreriam com Raspberry Pi no mundo da IoT

Os módulos cancelados tinham como objetivo concorrer diretamente com o popular Raspberry Pi

A Intel está aposentando seus módulos computacionais Galileo, Joule e Edison, plataformas pensadas para entrar na corrida da Internet das Coisas. Junto com eles, alguns gadgets em torno dos óculos inteligentes Recon Jet também vão desaparecer com a limpeza feita pela empresa em seu catálogo de produtos.

Os módulos cancelados tinham como objetivo concorrer diretamente com o popular Raspberry Pi, que caiu nas graças da comunidade de desenvolvedores. Entre eles está o Galileo, feito com Arduino em 2013; o Edison, de 2014, com foco em dispositivos de IoT e vestíveis; e o Joule, de 2016, para ser aplicado em robótica.

Módulo Galileo da Intel

-- publicidade --

A produção desses chips visava manter a Intel atualizada nessa nova onda de Internet das Coisas para não perder o ritmo dos avanços, como aconteceu na categoria dos processadores de smartphone, área na qual a empresa acabou ficando para trás com grandes concorrentes como Apple, Samsung, Qualcomm etc.

A empresa deve enviar os últimos dispositivos fora de linha até o dia 16 de dezembro

Quem ainda tiver interesse em adquirir algum desses módulos ou dos outros produtos da Intel que vão sair de linha deve fazer os pedidos até o dia 29 de setembro, sem direito a cancelamento, troca ou devolução. A empresa deve enviar os últimos dispositivos fora de linha até o dia 16 de dezembro.

Cupons de desconto TecMundo:

Intel aposenta chips que concorreriam com Raspberry Pi no mundo da IoT



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui