Imagem de: Rejeitado por Microsoft, desenvolvedor cria Pokémon GO para Windows Phone

Rejeitado por Microsoft, desenvolvedor cria Pokémon GO para Windows Phone

A febre causada pelo lançamento de Pokémon GO mexeu com a cabeça de usuários de dispositivos com Android e iOS, mas deixou de fora da brincadeira os poucos e fiéis fãs do sistema operacional móvel da Microsoft.

Como se sabe, menos de 1% dos usuários de smartphones optam pelas versões do Windows Phone e o número vem caindo velozmente, o que nos leva a acreditar que é quase certo que a Niantic – desenvolvedora de Pokémon GO – não tenha planos de levá-lo para os aparelhos com SO da empresa fundada por Bill Gates.

É aí que entra um desenvolvedor que foi rejeitado pela Microsoft ao buscar um emprego na empresa sob a justificativa de que o potencial funcionário não demonstrava “paixão” suficiente para fazer parte da equipe da companhia. Stefano Tenuta usou a recusa da companhia à sua oferta de trabalho como incentivo para continuar se dedicando o máximo possível à sua atividade como desenvolvedor e mostrar que talvez ele fosse melhor do que o julgaram anteriormente.

Assim, para a alegria dos poucos usuários do Windows 10 Mobile e suas edições anteriores, Tenuta criou o PoGo-UWP, uma versão não oficial e não autorizada de Pokémon GO para o sistema operacional mobile da Microsoft. Segundo ele, o desenvolvimento desse aplicativo se deu por três motivos principais: primeiramente, “porque aprender coisas novas é legal”; segundo, “porque podia ser feito”; e, por último, para provar para a Microsoft que estavam errados quando disseram não para ele.

-- publicidade --

A versão ainda não é perfeita e não possui diversos recursos que o app oficial oferece. Apenas a última atualização de PoGo-UWP trouxe a Pokédex e a capacidade de o jogador ver os itens que está carregando

O desenvolvedor conversou com a Business Insider e contou que seu aplicativo já tem cerca de 50 mil usuários únicos e mais de 1,5 milhão de acessos mensais. A versão ainda não é perfeita e não possui diversos recursos que o app oficial oferece. Apenas a última atualização de PoGo-UWP trouxe a Pokédex e a capacidade de o jogador ver os itens que está carregando.

PoGo-UWP utiliza os próprios servidores de Pokémon GO para mostrar a localização tanto de Pokéstops e ginásios quanto dos monstrinhos que surgem eventualmente na tela de seu celular. Assim, você tem a mesma experiência de jogo e de realidade aumentada que seus amigos que usam dispositivos com Android ou iOS.

Quanto ao “UWP” que acompanha o nome do aplicativo, a explicação é interessante: trata-se da sigla para “Universal Windows Plataform” e significa que o aplicativo pode ser rodado em smartphones, tablets e desktops. Se você pensou que isso quer dizer que PoGo-UWP pode ser jogado em um computador desktop com Windows 10, você está totalmente correto. Confira no vídeo a seguir como o aplicativo funciona:

Como tudo que é feito extraoficialmente, o aplicativo que leva Pokémon GO para o seu Windows Phone pode fazer sua conta no game ser banida com a acusação de trapaça. A chance de isso ocorrer é grande, pois a Niantic vem conduzindo uma prática de desativar apps não autorizados relativos ao jogo dos monstrinhos e de deletar as contas de quem fizer uso desses recursos paralelos.

A primeiríssima versão de Po-Go UWP veio ao mundo no final do último mês de julho ainda sem a maioria dos recursos que posteriormente foram (e ainda estão sendo) implantados. Tenuta, o criador, inspirou-se em um abaixo-assinado online com mais de 80 mil assinaturas que pedia Pokémon GO no Windows Phone. Após o lançamento, Tenuta ficou impressionado com o feedback que teve, com usuários fazendo perguntas e pedidos e sugerindo melhorias para o app.

O ideal do grupo, agora, é fazer o app ser o mais parecido possível com Pokémon GO para a alegria dos usuários de Windows Phone

Para sua sorte, uma equipe de voluntários interessados no projeto se disponibilizou para ajudá-lo a melhorar Po-Go UWP. Após ter passado três dias seguidos trabalhando quase 24 horas por dia, Tenuta não poderia ficar mais feliz com a colaboração. O ideal do grupo, agora, é fazer o app ser o mais parecido possível com Pokémon GO para a alegria dos usuários de Windows Phone.

Apesar da animação com sua criação, o desenvolvedor sabe dos riscos que corre. A Niantic poderia (e teria direito de) acabar com o Po-Go UWP por não se tratar, obviamente, de um app oficial. Tenuta afirma, em sua defesa, que, ao contrário de outros aplicativos relacionados a Pokémon GO, que facilitariam o jogo ou serviriam como “trapaça”, a sua versão do game para Windows Phone apenas colabora para o aumento de jogadores.

A Niantic poderia (e teria direito de) acabar com o Po-Go UWP por não se tratar, obviamente, de um app oficial

O desenvolvedor também enxerga essa situação toda como um cenário positivo para ambas as partes: caso a Niantic venha a desenvolver sua versão oficial, todos que baixaram Po-Go UWP se tornam clientes em potencial da empresa. Já ele quer apenas se divertir e aprender cada vez mais enquanto pode dar a chance de mais pessoas acessarem Pokémon GO de alguma maneira.

Para acessar o conteúdo de Po-Go UWP desenvolvido para sistemas operacionais Windows, clique neste link.

Rejeitado por Microsoft, desenvolvedor cria Pokémon GO para Windows Phone



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui