Imagem de: Tutorial: como ativar o 'Modo Noturno' do iOS 9.3 no Mac ou no Windows

Tutorial: como ativar o ‘Modo Noturno’ do iOS 9.3 no Mac ou no Windows

Os estímulos feitos por displays eletrônicos, como computadores ou tablets, causam ainda mais problemas a pessoas que têm dificuldades para dormir. É que a exposição excessiva dos olhos à luz durante a noite pode atrasar a chegada do sono em até uma hora. Mas o vilão da história toda não é a tela reluzente em si, mas sim uma frequência específica: a luz azul, conforme já demonstrado por pesquisadores do mundo todo, é a grande responsável por não permitir o “desligamento do cérebro”.

Foi pensando nisso que a startup f.lux desenvolveu um serviço capaz de regular a luminosidade do painel dos computadores de acordo com o trajeto do sol: através de um aplicativo leve, prático e objetivo, usuários podem usar o PC noite adentro sem que estímulos com base nos espectros de luz azul sejam feitos de modo intenso. O monitoramento dos níveis de brilho da tela é feito também pelo programa, que admite customizações de acordo com a necessidade de cada pessoa.

O Night Shift (“Modo Noturno”) foi implementado pela Apple a partir do lançamento do iOS 9.3; no Windows e no Mac, o recurso pode ser ativado por meio do serviço f.lux. Neste tutorial, você vai aprender a instalar e a configurar o aplicativo em seu computador para que, ao final do expediente, seus olhos não se sintam tão exaustos.

Nota: para a demonstração dos processos de instalação e configuração, foi usado o sistema Windows; porém, f.lux está disponível também para o Mac OS X. Há, ainda, versões do app para aparelhos Android e iOS (veja mais aqui, em inglês).

-- publicidade --

O download de f.lux pode ser feito gratuitamente a partir dos seguintes links:

A instalação do programa exige apenas permissão por parte do usuário: clique em “Executar” após a finalização do download e então abra o app. Atenção: clique sobre a seta exibida à esquerda do relógio, no Windows, para visualizar as opções de configuração, pois f.lux funciona em segundo plano.

Agora, e já com a interface de f.lux aberta, clique em “Settings” (ou “Preferences”, no Mac) e então em “Change” para iniciar a configuração do aplicativo. Na janela “Where am I?”, seu código postal pode ser inserido para que o monitoramento do nascer e do pôr do sol possa ser feito – o que resulta na alteração inteligente dos níveis de luz da tela.

Selecione “Change” para informar sua localização ao app

Digite seu código postal para ativação automática do modo noturno

O usuário pode, também, definir manualmente a intensidade de luz do painel tanto para o dia quanto para a noite. Basta abrir a página inicial de f.lux e mover as barras “Daytime” (dia) e “At night” (noite). A velocidade da transição pode ser ajustada para rápida ou lenta através das opções “Fast (20s)” e “Slow (60m)”, respectivamente.

É possível ajustar os níveis de luz manualmente também

As opções complementares de f.lux variam de acordo com a versão do programa (para Windows ou Mac). As principais funcionalidades da ferramenta, porém, estão disponíveis para ambos os sistemas. Para consultar os serviços extras, clique sobre o ícone de sanduíche e escolha, por exemplo, dentre os modos de iluminação para a noite (“Lighting at night”) ou deixe o app inativo por uma hora (“Disable for an hour”).

Consulte opções complementares a partir do ícone de “sanduíche”

Em “Extras…”, o controle do nível de luz pode ser ativado ou desativado a partir dos atalhos: “Alt + Page Up”, “Alt + Page Down” e “Alt + End”. Além disso, podem ser ativadas opções avançadas de configuração para o Control Philips ColorKinetics intelliWhite e Controle Philips Hue.

Configurações avançadas também podem ser consultadas

Você diminui o nível de brilho da tela do PC ou celular durante a noite? Comente no Fórum do TecMundo

Tutorial: como ativar o ‘Modo Noturno’ do iOS 9.3 no Mac ou no Windows



DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui