Imagem de: Falso aplicativo volta à App Store e dá prejuízo a usuários

Falso aplicativo volta à App Store e dá prejuízo a usuários

É sempre recomendado que aplicativos sejam baixados em lojas oficiais porque nelas é seguro. Às vezes, porém, é possível topar com aplicativos projetados para dar golpes em usuários desatentos. Um deles, denunciado há um ano pelo MacMagazine, voltou quietamente para a App Store e já devia estar fazendo vítimas até ser denunciado por um leitor do site.

Batizado de “Pulso. Batimento Cardiaco” funcionava (sim, já foi banido da App Store) como um medidor de frequência cardíaca. Para funcionar, o usuário precisava botar o dedo no botão de início do iPhone. Tocando-se na opção para o aplictivo pretensamente começar a medir os batimentos cardíacos, ele diminuía brilho do visor o máximo possível, para então exibir uma tela – a essa altura, impossível de se enxergar – pedindo que o usuário comprasse a versão completa do app por R$ 340.

Como o Touch ID é ativado automaticamente quando se põe o dedo no botão de início, a compra era registrada. O truque era tão óbvio (e, por isso mesmo, audacioso) que era possível perceber que o registro dos batimentos continuava mesmo sem ninguém sequer encostar no visor do celular.

Segundo o MacMagazine, o desenvolvedor registrado como BIZNES-PLAUVANNYA,PP disponibilizava um link para a página de assinaturas da Apple — nela, é possível pedir o cancelamento de compras em até 24 horas e ter, assim, o estorno do valor gasto.

-- publicidade --

Cupons de desconto TecMundo:

Falso aplicativo volta à App Store e dá prejuízo a usuários




DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui