Quem é mãe vai entender perfeitamente o que diremos nesta matéria.

-- publicidade --

No entanto, quem não for, e ainda tem mãe viva, não deve deixar de ler as três dicas deste post.

Afinal de contas, por mais que uma família tenha suas diferenças, nada pode substituir o amor de uma mãe que se importa com a gente.

E estamos aqui para falar de como os filhos podem ferir profundamente o coração de uma mãe.

O pior de tudo é que muitas vezes o amor materno acaba deixando essas atitudes passar despercebidas.

Mas não devemos nos enganar – toda mãe fica chateada quando:

-Não damos notícia

Muitos, quando crescem, esquecem dos pais como se eles fossem brinquedos de infância: não ligam, não visitam, não compartilham as novidades…

Tudo isso entristece as mães e mexe com a saúde física e emocional delas.

-Brigamos com nossos irmãos

As mães morrem de medo de ver os filhos desunidos depois que se tornam adultos.

Realmente é uma situação muito infeliz.

Já pensou?



Nada melhor do que ter um irmão para dividir os momentos, confiar e amar.

Nada como ter uma família unida!

Se isso não acontece, as mães temem que seus filhos fiquem sozinhos no mundo…

Sabe como é, não é?

“Mãe é mãe…”

-Não reconhecemos o valor que ela tem

Não importa a sua idade.

Esteja certo de que se sua mãe tenta ser presente na sua vida, ela sente sua falta e almeja qualidade de tempo.

Fale de você, dos seus planos, das novidades…

Pode até contar o problema que o prédio está enfrentando com o novo síndico, mas não deixe de demonstrar que sua mãe é uma amiga.

O silêncio dos filhos é uma verdadeira tortura.

Este blog de notícias sobre tratamentos naturais não substitui um especialista. Consulte sempre seu médico.

[in:curapelanatureza.com]






DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui